Biológico

Porquê consumir alimentos biológicos?

- Valor nutritivo e sabor
 Cultivados em solos equilibrados por fertilizantes naturais, os alimentos biológicos são de melhor qualidade. As plantas crescem saudáveis e o seu teor em fibras, hidratos de carbono, aminoácidos essenciais, minerais, vitaminas e antioxidantes é muito mais elevado do que nos alimentos produzidos em modo de agricultura convencional.

- São amigos do ambiente
Não contribuem para a contaminação dos solos, águas ou atmosfera; porque não utilizam pesticidas nem adubos com produtos químicos de síntese.

- São melhores para a Saúde
São isentos de herbicidas, fungicidas ou inseticidas.

- São alimentos Certificados

Os produtores agro biológicos seguem um caderno de normas rigoroso, controlado por organismos de certificação, segundo regras da Comissão Europeia. Quando dizemos que os nossos produtos são certificados como biológicos, podemos provar.

- Contribuem para a Sustentabilidade
A Agricultura Biológica respeita o equilíbrio da Natureza e contribui para um ecossistema são permitindo a preservação de um espaço rural capaz de satisfazer as gerações vindouras.

Permite, ainda, a revitalização da população rural e restitui aos agricultores a verdadeira dignidade e o respeito que lhe são merecidos da população em geral pelo seu papel de guardião da paisagem e dos ecossistemas agrícolas.

Para saber mais consulte:
http://naturlink.sapo.pt/Natureza-e-Ambiente/Agricultura-e-Floresta/content/Vantagens-de-comer-Biologico?bl=1

 - O que é a agricultura biológica?     
A Comissão Europeia define a agricultura biológica como um sistema agrícola que procura fornecer-lhe a si, consumidor, alimentos frescos, saborosos e autênticos e ao mesmo tempo respeitar os ciclos de vida naturais.

É um sistema de normas de produção agrícola, de transformação e de controlo, que visa essencialmente a Proteção Ambiental, o Bem-estar Animal, a Confiança do Consumidor e o estímulo Social e Económico.

Com a sua prática são extremamente reforçados os ecossistemas agrícolas, a biodiversidade, os ciclos e a atividade biológica e a fertilidade dos solos.

A agricultura biológica é também uma forma mais ativa de estar na agricultura, em que o respeito pelo Meio Ambiente e o conhecimento profundo dos processos naturais das culturas são o dia-a-dia e o objetivo das pessoas envolvidas.

Quem sai a ganhar são os consumidores e a natureza.